vidros

Vidro Comum

O vidro comum é o mais antigo no mercado e o que possui o mais simples processo de produção. Apesar de ter transparência, durabilidade e boa resistência química, este tipo de vidro, em caso de quebra, gera pedaços grandes e cortantes, podendo causar acidentes.

Desta maneira, o vidro comum está sendo cada vez mais substituído pelos vidros de segurança e vidros temperados.

Podem ser aplicados em: banheiros, lavabos, salas, quartos, closets, cozinhas, home-theater, garagem e outros.

Vidro Temperado

O vidro temperado tem a capacidade de resistir a choques em uma proporção de cinco vezes mais que um vidro comum, com espessuras semelhantes. Trata-se de um vidro de segurança pois, quando quebrado, fragmenta-se sem a formação de cacos pontiagudos. Sua resistência possibilita a utilização em aplicações estruturais sem a necessidade de caixilhos.

O tratamento térmico de têmpera é um processo de aquecimento gradativo até se atingir a temperatura de 700ºC (estado plástico), seguida de brusco resfriamento.

O vidro temperado possui maior resistência à flexão que os vidros comuns e pode suportar diferenças de temperaturas de até 200ºC.

Vidro Laminado

Também considerado um vidro de segurança, o vidro laminado é composto por duas ou mais placas de vidro, unidas por uma ou mais camadas intermediárias de PVB (polivinil butiral), mais resistente a impactos.

Quando quebrado, os fragmentos ficam presos nesta camada intermediária (PVB) que, por sua vez, possui alta resistência elástica, absorvendo o impacto e mantendo os estilhaços até a substituição do vidro.

Além de aumentar a resistência a impactos, a película plástica de PVB também tem a função de filtrar em 99,6% os raios ultravioleta, responsáveis por descolorir móveis, tecidos e objetos.

Os laminados possuem também uma característica de redução de ruídos, através do amortecimento das vibrações sonoras pela camada de PVB.

Os vidros laminados podem ter diversas espessuras e cores.

Vidro Impresso

O Vidro Impresso é uma opção inteligente para quem deseja eliminar a visibilidade, mantendo a luminosidade do ambiente. Reforça a sustentabilidade, pois proporciona a redução de gastos com energia elétrica.

Muitos designers e projetistas são adeptos a esta variedade de vidro, pois pode ser aplicado em fachadas inteiras, janelas ou divisórias, oferecendo privacidade parcial e ainda proporciona a formação de uma luz difusa, que ilumina por igual os espaços internos.

Os Impressos podem ser temperados, laminados, espelhados, serigrafados e pintados a frio, permitindo a criação de peças diversificadas.